post

Sem Química, não existe Física


Prezados Sonhadores,

Meu novo artigo fala de relacionamentos. Espero que gostem. Cliquem duas vezes sobre a imagem abaixo. Aproveito para agradecer a grande procura pelo webinar que faço no dia 29, as 21 horas, no conforto da sua casa. Não perca, ainda temos poucas vagas disponíveis. Aqui está o link. Obrigado

http://www.seedsofdreams.org/Pages/Webinars.aspx

Aqui está o NOVO artigo: Clique DUAS vezes sobre a imagem!

PSICOLOGIA POSITIVA

Claudemir Oliveira*

SEM QUÍMICA, NÃO EXISTE FÍSICA

Este texto é, na verdade, o título de um dos meus livros na área de Psicologia Positiva, ainda não publicado, e em desenvolvimento.

Apesar de o título, para algumas pessoas, ter uma conotação sexual, o tema é sobre relacionamentos de uma forma geral, sobre vida. Escolhi este nome porque sempre “odiei” estas duas matérias (nem me falem em fórmulas e tabela periódica) e resolvi fazer do limão uma limonada. Pura Psicologia Positiva. Transformei algo que não gostava num título que, modéstia a parte, me parece bem interessante. O que vou colocar abaixo não é matemática (outra matéria que também não faz parte das minhas favoritas). É uma visão pessoal, é uma visão de estudos no meu mestrado e doutorado, mas que em nenhum momento pode ser considerada ciência, afinal, estamos falando de seres humanos e suas diferenças.

Charles Darwin

Charles Darwin tem uma das frases mais admiráveis e sábias da humanidade: “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas aquele que melhor se adapta às mudanças.” As pessoas, em geral, confudem uma simples adaptação a uma grande mudança. É comum quando atendo casais, a famosa frase: “Claudemir, eu não vou mudar simplesmente porque ele ou ela quer”. Depois de uma conversa, concluimos que não se trata necessariamente de mudança, mas apenas de uma adaptação. Imagine que seu companheiro SEMPRE chega atrasado para seus encontros e digamos que você já sabe que são, em média, 30 minutos. E lá está você se descabelando porque não aguenta mais estes atrasos. Aqui várias opções. 1 – Continuar se descabelando; 2 – adaptar-se a esta nova situação (caso você realmente o ame); 3 – desistir da relação. Comece a dizer que o show vai começar as 20:30 em vez das 21:00 e aí você já se programa psicologicamente para o tal atraso. Sim, não estou dizendo que seja fácil, estou dizendo que você tem três opções e a única que não aconselho é que você tenha que sofrer por isto. As diferenças sempre vão existir, mas a grande utopia humana é querermos que as pessoas sejam como somos. Algo patético que demonstra nossa infantilidade nas relações. Vai ao cinema? Ela gosta de romance e você de ação? Não precisam ir separados. Ceder é outra palavra chave. Então, falo de equilíbrio entre os dois. É no balançar das carruagens que as abóboras se ajeitam. A vida é bem parecida com esta analogia. Não temos todas as respostas, mas, ao “movimentar-nos”, as encontramos. A vida é tão bela que ainda nos entrega uma carruagem com DUAS rodas. Está esperando o que para se movimentar?

Apesar do ditado “os opostos se atraem”, ainda acredito que, ao contrário, são as semelhanças (não disse igualdade) que buscamos no outro.

Analogia da Pizza

Vamos imaginar que nossos relacionamentos são como uma pizza. Vamos imaginar também que existem vários pedaços que podem ser representados por nossa vida social, sexual, espiritual, financeira, etc. Qualquer pessoa de bom senso sabe que, ao longo dos anos, estas fatias vão diminuindo enquanto outras vão aumentando. Não é uma questão de perder ou ganhar, é uma questão de adaptação que a vida nos oferece. A vida social intensa da juventude vai diminuindo ao mesmo tempo que a fatia do companheirismo e amizade vai aumentando. Repito, não há perdas na vida, quando sabemos saborear as estações. A “perda” do tempo livre para um jogo de bola é substituída pelo “ganho” de chegar em casa mais cedo para ver sua esposa e seus filhos. Nietzche disse: “ao pensar sobre a possibilidade do casamento, cada um deveria se fazer a seguinte pergunta: “você crê que seria capaz de conversar com prazer com esta pessoa até a sua velhice?”. E sexo, Claudemir? Segue as mesmas regras da pizza. Com o tempo melhora a qualidade, diminui a quantidade. Sexo não é apenas físico, é mais psicológico, é mais espiritual. Só Viagra não resolve. Portanto, endeusar o sexo como algo apenas físico é justificável apenas na puberdade e alguns anos da juventude. É um dos maiores prazeres que o ser humano pode ter, sem contar que ele é a razão de você e eu estarmos aqui, neste exato momento. Relacionamento é como nosso corpo que não tem apenas um órgão importante. Todos contribuem para que você respire. Desfrute de todas as fatias da pizza.

As quatro estações

A felicidade é saber aproveitar as quatro estações, mas há muita gente querendo ser feliz nó na primavera. Ser feliz assim é fácil, meus amigos. A arte da vida está em apreciar também o inverno, o outono e o verão. Vejo muita gente lamentando que a vida é curta. Generalizando, a vida nem é curta nem é longa; a vida é justa. Quem enfatiza muito que a vida é muito curta, garanto que está vivendo muito pouco. Quando eu tinha meus 13 anos, decidi ajudar meus pais a não pagarem mais contas no final do mês. Decidi pela educação para mudar minha história. Desde então, nunca parei de estudar. Aristóteles (384-322 a.C) dizia que a educação tem raízes amargas, mas seus frutos são doces. Eu acrescento que é o único investimento que ninguém pode tirar de você. Antes de completar vinte anos, trabalhava durante o dia, estudava a noite, e fazia cursos de línguas aos sábados e domingos. Um dia, alguém me olhou e disse. Claudemir, você vive como se fosse morrer amanhã. E eu, com um sorriso, respondi: e você parece que vai viver eternamente. Quem vive mais? Quem pensa que vai viver eternamente e fica passando pela vida ou quem vive a vida como se ela acabasse no próximo suspiro?

Ingressos da vida

Muitos tem medo da morte, mas não tem consciência que ela é a razão da vida. É ela que nos impulsiona ao próximo passo. A morte é o empurraozinho que Deus nos deu antes de dizer: vai, vai e viva intensamente, pois eu te amo tanto que quero você de volta um dia. E muita gente não entendeu a mensagem do Criador. Fóssemos eternos e seríamos uma câmera super lenta passando pela vida. Deus sabe o que faz. O medo da morte é proporcional a nossa ociosidade perante à vida. Não viemos aqui para sermos meros expectadores. Somos diretores, criadores e atores de um belo filme chamado VOCÊ. Câmara. Luz. Ação! É sua hora de entrar em cena. Deus lhe deu um ingresso para vir participar de um espetáculo chamado Terra. Milhões queriam estar no seu lugar, mas morreram no caminho. Só você sobreviveu. Quando voltar, leve o filme, pois ele será seu ingresso para entrar no paraíso durante o grande reencontro. AÇÃO! É nesta sabedoria que matamos a morte para sempre.

Neste processo de adaptação, não deixe que a pasta de dente pressionada pelo meio seja o grande problema da sua vida. Não deixe que a tampa do vaso sanitário levantada seja o fim do mundo. Não há nada de errado em a mulher, num final de semana, estar na cozinha preparando um belo almoço enquanto o homem está no jardim cortando a grama e limpando a piscina. Já falei em artigos anteriores de minha admiração pelas mulheres, principalmente no quesito inteligência emocional. Mulheres, não queiram ser homens. Homens, não queiram ser mulheres. Isto não é machismo, isto não é feminismo. Existem características inatas. O homem não tem como amamentar. Se o homem engravidasse, morreria ele e a criança antes do nascimento pelo medo da dor. Somos frágeis e medrosos demais. A natureza é tão sábia que não daria esta bela missão a um incompetente.

A beleza de um jardim está na diversidade das cores e dos perfumes das flores. Não existe nenhuma igual. Portanto, aprenda a usar a Psicologia Positiva para enxergar as potencialidades daquele ser tão diferente que está nos seus braços agora. A fórmula “matemática” da química ou da física ainda é, pelo menos para mim, mais difícil que a “biologia” do amor.

      

*É presidente do Seeds of Dreams Institute, jornalista, pós-graduado em Marketing (ESPM) e Comunicação (ESPM), mestrado e doutorado em Psicoterapia (EUA), com foco em Psicologia Positiva. É membro vitalício da Harvard University e referência internacional em Psicologia Positiva. Vive em Orlando desde 2000. Contato:www.seedsofdreams.org

 

Anúncios

Comments

  1. Vinicius Machado says:

    Claudemir,
    Mais uma vez, um conteúdo e texto brilhante…

  2. Regina Maria Missirian Adams says:

    Claudemir parabens mais uma vez, o conteudo deste texto foi maravilhoso.
    Tão simples tão completo e que aprendizado para muitos.
    Abraços Regina e Richard.

Trackbacks

  1. […] Boa leitura! #1 21mar12 Link: https://seedsofdreams.wordpress.com/2012/03/21/sem-quimica-nao-existe-fisica/ […]

Deixe seus comentários (sementes de sonhos). Quero aprender com você!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: