post

Facebook e Ferrari: Psicologia Positiva


CLIQUE SOBRE A ***IMAGEM ACIMA*** DUAS VEZES 

FACEBOOK E FERRARI

* Claudemir Oliveira

Psicologia Positiva tem muito a ver com relacionamento e, este mês, começo citando Carlos Drummond de Andrade:  “a amizade é um meio de nos isolarmos da humanidade cultivando algumas pessoas”; mês passado, eu brinquei que havia criado um novo tipo de rede social, chamada “face-to-face”, com puro contato pessoal, indo na contramão de Facebook, Myspace, Twitter e Orkut. No mundo virtual de hoje, a palavra amigo virou “commodity”. Uma verdade generalizada é que redes sociais distanciam quem está perto e aproximam quem está longe. Um toque e você “fala” com milhares de pessoas do outro lado do mundo. E talvez, aí do seu lado, tão pertinho, alguém precise apenas de um olhar, um beijo e um abraço. Defendo uma conexão humana aliada a uma digital. Equilíbrio e conscientização passaram a ser palavras constantes nos meus textos.  

     O Facebook é uma verdadeira Ferrari de Fórmula 1, não me entendam mal. Mas todo carro poderoso tem um freio super potente, deixando claro seus limites. Pise bem no fundo do acelerador, mas não confie apenas no “air-bag”. Adicione dezenas, centenas, milhares de amigos, mas pense no que o pai do Lee Iacocca dizia: “filho, quando você morrer, se você tiver cinco amigos reais, você teve uma vida brilhante”. É qualidade versus quantidade.

Fênix X Cinzas

     Abro um parêntese para um caso atual: Charlie Sheen. Ator mais bem pago dos EUA, dois milhões de dólares por episódio (Two and a Half Men), conseguiu quase três milhões de “amigos” no Twitter em menos de uma semana. Garanto que é um dos homens mais solitários do mundo hoje. Você pode dizer: Claudemir, o problema é dele, quem mandou se envolver com drogas! Apesar de sermos corresponsáveis e, nem sempre totalmente vítimas, de nosso sofrimento, gosto da frase do filósofo Ortega y Gasset: “Eu sou eu e minhas circunstâncias”. Atirar a primeira pedra, tirar nossa história do contexto ou  acreditar apenas na genética é um erro. Quase nada se justifica; quase tudo se explica e, para quase tudo, existe exceção.

     Dinheiro, fama, poder e milhões de “seguidores” podem ser sinônimos de solidão. Somos falíveis e podemos cometer erros pequenos, médios ou grandes, mas a arte está em saber que o aprendizado pode ser proporcional ao tamanho deles. Todo ser humano brilhante, sem exceção, passa por um processo parecido com o do  diamante, da pérola ou do ouro. É na fricção, é no fogo que, muitas vezes, nos purificamos para renascer e brilhar. É como se cada vez que sofremos, morremos e renascemos; Deus nos “apresenta” alguns testes como vestibulares para entrar no céu, para nos “amassiar” e nos preparar para o “gran finale” que será espetacular. É das cinzas que viramos fênix.      

Amigo X Colega

     Amigo é aquele que senta do seu lado e, sem muitas perguntas, sem nenhum julgamento, pega e come uma parte do sal que você está comendo, e ainda, com um sorriso, lhe oferece água de coco. Amigo sabe a diferença entre os verbos ser, estar e ter e nos trata nessa ordem. Amigo é como um ipê-amarelo, do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que, além de dar sombra, reluz ouro no inverno, desafiando o frio, diluindo núvens e incendiando a imensidão do azul celeste com um fogo tão amarelo que faz o sol chorar de alegria. As lágrimas se transformam em chuva com pingos dourados e, pelos raios, vários arcos-íris aparecem, simultaneamente, para enfeitar o céu. E quando o vento decide derrubar suas folhas, num piscar, ele se transforma no mais belo tapete terrestre. Amigo é como um jardineiro que nos enxerga pelos passarinhos, borboletas, flores perfumadas e não por algumas ervas daninhas. Amigo é um “big bang” tranquilo, no meio da insônia escura, que nos libera dos pesadelos. No seu silêncio, quando não sabe o que dizer, o amigo tem a eloquência do maior poeta cristão de todos os tempos, Jesus. É ateu? Pelo direito ao livre-arbítrio, o amigo nos abraça e nos respeita. Por essa, e muitas razões, não podemos ter milhares de amigos. Águias não voam em bandos. No alto da solidão, descobrimos o infinito tamanho da felicidade. Também, muito importante, amigos não “acontecem” apenas no sofrimento, apesar de esse ser o terreno mais fértil. O Facebook poderia ter um “adicionar colega” apenas para uma diferenciação.

     Redes sociais demonstram o lado positivo de como gostamos de pessoas. Se analisarmos mais profundamente, percebe-se  nossa carência por trás de tudo: queremos ser amados, reconhecidos, validados. Queremos encontrar muitos amigos.

     Claudemir, quando frear? Vivemos como uma Ferrari no automático e, por isso, nos esqueçemos das curvas e muitas lombadas que a jornada nos apresenta. É preciso conscientização. O volume de horas nas redes sociais indica claramente que não temos controle de direção, freios, acelerador e podemos acabar a corrida antes da linha de chegada.

Sofia: três opções?

     Em palestras, costumo dizer que temos três opções de nos tornarmos ou não um verdadeiro amigo. Quando alguém está “sangrando”, ou seja, sofrendo, opção número um é estancar o sangue imediatamente, sem qualquer julgamento. Segunda opção é ser passivo, neutro, simplesmente olhar e fofocar sobre o sangue derramando; e, por último, é pisar, se aproveitar e festejar em cima de quem já está agonizando. Ao contrário das duas difíceis escolhas de Sofia, qual é sua opção no cenário acima?

     Para um conceito completo sobre amizade, diria que ela  existe em vários níveis. Há a família, os diferentes níveis de amigos, depois os colegas e assim sucessivamente.

     Leitor, caso você tenha tido alguns “adversários”, lembre-se que eles são instrutores; meu amado e saudoso pai sempre dizia: “filho, essa pessoa está dando a liberdade para você seguir em frente. Não sinta rancor. Perdoe. Ela se feriu”. Já nadei com muitos “golfinhos”, sem saber que eram tubarões. Para usar minha Psicologia Positiva, mares calmos não fazem bons marinheiros e o sal funciona como tempero para a vida. Poucos  entendem que o sofrimento involuntário pode esculpir a alma positivamente da mesma forma que o exercício esculpe o corpo.

     Para fechar com chave de ouro, concluo com Fernando Pessoa: “Pedras no caminho? Guardo todas; um dia vou construir um castelo!”. Convide alguns amigos para um chá da tarde. Desligue-se da rede social e suba ao topo deste lindo castelo para fazer, “face-to-face”, um brinde à amizade. Que você sempre tenha pelo menos um amigo, um cachorro, algumas crianças ao seu lado! Aguardo, ansiosamente, nosso próximo encontro, em Maio, com muita Psicologia Positiva!

P.S.: Minhas histórias sempre tem um final feliz e, no meu castelo, tenho uma princesa linda, digna de um conto de fadas: meu amor Deborah!

     
 

*É presidente do Seeds of Dreams Institute, jornalista, pós-graduado em Marketing (ESPM) e Comunicação (ESPM), mestrado e doutorando em Psicoterapia (EUA), com foco em Psicologia Positiva. É membro vitalício da Harvard University e referência internacional em Psicologia Positiva. Vive em Orlando desde 2000. Contato:www.seedsofdreams.org 

Anúncios

Comments

  1. katia Brito says:

    Claudemir,

    Dizer apenas que sou sua fã seria pouco diante da pessoa maravilhosa que vc é,mas cada vez que leio algum artigo seu ou mesmo quando escuto a sua palestra fico quietinha pensando que dom é esse de envolver todos com apenas palavras,de onde vem as idéias e cheguei a conclusão que suas grandes idéias surgem da observação dos pequenos detalhes.
    já percebi seu gosto pela leitura então me sinto a vontade de citar Freud aonde ele explica a relação pais e filhos:Ele disse que os filhos que foram preferidos e valorizados por suas mães se tornam mais otimistas,vencedores,enfrentam com mais coragem os acidentes da vida.
    Muitas coisas se explicam a partir dai……..
    Recentemente uma moça linda,famosa,sem aparentemente problemas financeiros,conhecida por muitos e no perfil que vc tanto descreve no seu texto,com mais de 5 mil amigos e tendo que abrir outra folha de facebook,pois lotou a primeira……se jogou da janela de seu apartamento….como?deixando dois filhos lindos?com tantos amigos,tão famosa?continuo a perguntar como?
    SOLIDÃO….
    Todos nós no fundo somos abraçados pelos tentáculos da solidão,alguns falam muito,mas se calam sobre aspectos íntimos de suas vidas.Concluo que uma pitadinha de solidão estimula a reflexão,mas solidão radical estimula a depressão.
    Quando o mundo nos abandona,a solidão é tolerável,mas quando nós mesmos nos abandonamos ela é insurportável.
    Não é fácil enfrentar nossas ruínas,mas é a única maneira de sermos autores de nossa história e não vítimas dela.
    Por isso tudo esse caso me chocou muito e senti uma tristeza profunda,por uma moça tão linda se perder num mundo de ilusões.
    Suas palavras sempre me fazem pensar e se for escrever sobre cada pedacinho do seu texto,ficaria aqui escrevendo,escrevendo…..
    Só para resumir,o final da sua história é espetacular,pois não existe ninguém que seja mais importante do que a sua princesa….

    Fique com Deus e me mande sempre seus textos será um enorme prazer
    katia

    • Katia,
      Seus comentários demonstram tanta sabedoria que se eu fosse escrever linha por linha daria outro artigo… risos… mas além do pensamento de Freud, outro que me fez refletir foi essa:
      “Quando o mundo nos abandona,a solidão é tolerável, mas quando nós mesmos nos abandonamos ela é insurportável”.
      Existe tanta sabedoria na frase que um livro seria pouco, mas ela explica o porque dessa jovem modelo ter cometido o suicidio. Por isso, usei na coluna o exemplo do Sheen. Ou seja, meu artigo quer apenas mais reflexões, temos de saber nossos limites, até de nossas Ferraris (risos)… Adorei seu comentário e espero poder continuar contando com sua leitura. Forte abraço e obrigado!
      Claudemir

  2. Claudia says:

    Claudemir,

    Você é uma pessoa especial, ter acompanhado sua trajetória e tê-lo como amigo é muito bom.
    Um abraço,
    Claudia

  3. Jo Nadaes says:

    Olá, Claudemir!
    Tento, desde muito cedo não perder a fé nas pessoas num exercício diário. E, nesse mundo pseudo globalizado, a solidão é generalizada!
    Cada rede social está lotada de seres sós. Eu mesma só abri o facebook porque meu marido ficou envolvido num projeto grande, começou a embarcar e me senti sozinha numa cidade nova… Hoje, uso para adicionar empresas relacionadas ao meu mercado de trabalho, pois tenho muito o que fazer! rs
    Ler seus artigos tem me ajudado a manter a chama da crença humana acesa, porque tem horas que penso estar certo o tubarão, que não come nossa carne porque sabe que não prestamos!!! rs
    Na verdade, depois de algumas quedas bruscas, continuo insistindo em me manter na minha linha de raciocínio: Deus me tem como filha, assim como a todas as outras pessoas, então, temos um laço, somos irmãos, nos devemos respeito, amor e caridade.
    Não me demonstro fraca, grito, brigo, xingo e faço de tudo para me defender e aos meus, mesmo sendo, muitas vezes, de olhos arregalados, respiração ofegante e corpo trêmulo. Não importa.
    Espero, que nesse meu novo ciclo, tenha mais calma e clareza para não me deixar abater por besteiras, pois minha alma está bem “marombada” rsrsrs Não posso me dar ao luxo de não colocar em prática meus aprendizados tão valiosos que a vida me proporcionou!
    Um forte abraço e obrigada pela sabedoria das suas palavras que de maneira simples e direta nos leva de encontro aos nossos sentimentos mais íntimos!
    Até breve! Jo

    • Jo,
      Obrigado pela mensagem. Saber que posso levar reflexão através dos meus textos é motivo de alegria. Não somos donos da verdade, pois ela é “constuida” por cada um de nós, diante das nossas realidades.
      Abraços e até o próximo artigo!
      Claudemir

  4. graciela says:

    Prezado Mestre Claudemir
    hoje sei q adquerir ingresso para a sua palestra foi o melhor,se não o maior,investimento que fiz para minha vida.
    PARABÉNS!!Que o maiOr de todos os mestre, JESUS ,continue iluminando sua vida para que voce possa estar sempre nos servindo com tão grandes ensinamentos.
    Quanto aos ypes de meu rico estado MS….SÓ MESMO QUEM JÁ TEVE O PRAZER DE DESLUMBRAR SE COM UM CHÃO FORADO DE FLORES DE UM YPE…AMARELO OU ROXO,ENTENDE A GRANDEZA DE SUA COMPARAÇÃO.
    UM GRANDE ABRAÇO.
    GRACIELA

    • Graciela,
      O meu maior investimento é ter pessoas como você que me apoiam. Já tive o privilégio de ver os ipês conforme voce relata e por isso tentei humildemente descrever tamanha beleza através de palavras. Saiba de meu apreço por sua leitura, por seu tempo em ler meus artigos e muito em breve estarei em seu Estado mais uma vez para apreciar os ipês e rever pessoas como você.
      Forte abraço e muito obrigado!
      Claudemir

  5. Renata Lasalvia says:

    Claudemir…
    vc não imagina como fique feliz em fazer parte dos que recebem seus emails com seus artigos…
    Te perdi depois que saí da Disney e nunca mais nos vimos. Você era sensacional e agora ficou melhor…que prazer ler seu texto..que novidade boa ( pra mim, pelo menos…)
    um grande abraço, renata

    • Renata,
      É sempre bom falar com amigos. Eu tenho um respeito muito grande por você e sempre lembro dos amigos.
      Agora que tenho seu email, mensalmente eu tenho duas colunas e te passo. Essa que você leu é mais focada na
      Psicologia Positiva, foco do meu doutorado e a outra é mais voltada ao mundo corporativo, mas sempre usando Psicologia Positiva.
      Um abraço e muito sucesso para voce e sua familia!
      Claudemir

  6. Oi, Claudemir…
    Meu amigo, esse texto é muito mais do que linhas e linhas de verdade… É uma verdadeira lição de vida!!! A parte onde você menciona a “qualidade X quantidade”, se encaixa perfeitamente nos dias de hoje… Vejo as pessoas, no caso do Facebook, de uma maneira geral, querendo apenas adicionar mais e mais e mais e mais contatos e, por vezes, mal sabem de quem se trata ou tem qualquer outro de tipo de relação com essas pessoas, além da “relação numérica”, no quadro em crescente mudança de quantidade de “amigos”…
    Feliz daquele, meu amigo, que consegue aproveitar as adversidades da vida, sejam elas quais forem, para crescer e se aperfeiçoar, para melhorar como ser humano, crescer em sabedoria, prosperar em humildade, para ser capaz, inclusive, de reconhecer um erro, fato esse praticamente extinto nos dias de hoje. Mas, meu amigo, ninguém consegue esse aperfeiçoamento na largueza, na folga, com todos os ventos à seu favor… É passando pelo fogo que conseguirá ser purificado, retirar todas as impurezas e imperfeições e atingir a esperada “estatura de ser humano”…
    O verdadeiro amigo, meu amigo, como suas sábias palavras descreveram, é aquele que fica quando todos os demais se retiraram, foram embora… Aquele que quanto mais adversidades se apresentam na sua vida, mais perto ele fica de você. Costumo sempre dizer que amigo é aquele que está com você, mesmo que simplesmente, para ouvir o seu silêncio… É aquele que respeita você, independente de sua condição financeira, posição social, quando você está lá em cima, no topo, ele está junto com você e, se a vida te apresnetar algum “desvio” e você, e, de repente, a roda gigante da sua vida chegar ao chão, e você ficar sem nada, lá estará ele, ao seu lado como sempre!
    Parabéns por este belíssimo texto, Claudemir, que Deus continue abençoando mais e mais a sua vida e esse dom tão sublime que Ele confiou, sabiamente, a você, e que Ele continue escrevendo muitos e muitos capítulos desse conto de fadas tão lindo da sua vida, ao lado da sua princesa tão especial!
    Um forte abraço, com carinho…
    Tati

  7. Meu caro Claudemir… what wonderful seeds your are planting. A pleasure to read, listen and learn.

    Clement

    • Clement,
      Thanks my friend. It has been a while but I want you to know I always remember our time of Disney Brazil office.
      Great memories from a good friend like you. Hope life in Los Angeles is a blessing to you and family. We will reconnect soon!
      Take care,
      Claudemir
      P.S. whenever you have a chance, listen to one of my biggest dreams in the field of psychotherapy

      Note that I have included English SUBTITLES in the majority of my videos so I can reach large audiences. Just click CC below the video in youtube.

Deixe seus comentários (sementes de sonhos). Quero aprender com você!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: