post

Psicologia Positiva e Ipês-Amarelos


PSICOLOGIA POSITIVA

PSICOLOGIA POSITIVA E IPÊS-AMARELOS

* Claudemir Oliveira

Em julho e agosto, fiz palestras no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia. Como sou um observador, nunca senti tanto frio em locais que, tradicionalmente, faz muito calor. Nesta viagem, Deus colocou muitos anjos no meu caminho para continuar aprendendo, evoluindo. Um deles se chama Alex Bachega, empresário na área de comunicação, em Campo Grande, e o outro foi o Tiago Martins, grande amigo e empresário varejista. Com o Alex, passamos uma manhã inteira falando de sonhos e, ao observar um ipê-amarelo, comentei a beleza divina daquela árvore. O Alex me perguntou: Claudemir, você sabia que eles florescem no inverno, quando está frio? Realmente não sabia e, ao começar a palestra naquela mesma noite, coloquei uma fotografia de um lindo ipê-amarelo para definir Psicologia Positiva. Enquanto reclamamos do frio, não conseguimos enxergar outras belezas que temos em nossa volta. É como se ficássemos cegos aos encantos da vida, e de olhos arregalados para observar os desencantos.

Não existem “coincidências”

     Meu vôo seria na manhã seguinte para Cuiabá, seguindo para Rondonópolis. O aeroporto ficou fechado todo o dia pelas condições do tempo. Um caos total e o Claudemir lembrando da história do ipê-amarelo. Era sexta-feira e minha outra apresentação seria no domingo cedo. Ainda tinha o sábado para chegar ao meu destino, mas corria o risco de o aeroporto permanecer fechado já que as condições climáticas não haviam modificado; começava a pensar em alternativas e uma delas seria chegar a Rondonópolis de ônibus, mas uso a expressão “anjo” para definir amigos que surgem na nossa vida quando menos esperamos, para nos ajudar. Por “coincidência”, o Tiago Martins tem uma banda e estava próximo de Campo Grande, sem que eu soubesse. As duas da manhã de sábado, Tiago decide me enviar uma mensagem, informando que ele estaria passando por Campo Grande e que só me encontraria em Rondonópolis. Ele não sabia que ainda estava na cidade. Resumo da ópera: fui de carro e depois descobri que o aeroporto realmente ficou fechado; foram sete horas de estrada, conversando com o Tiago e seus amigos da banda. Onde está a Psicologia Positiva neste caso Claudemir? Todas as horas que fiquei parado no aeroporto no dia anterior, todas as horas pelas estradas do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, eu poderia ter ficado estressado, mas decidi pensar nos ipês- amarelos (quando estava no aeroporto) e observar os milhares de ipês-amarelos (quando estava na estrada). Sempre gosto de enfatizar que Psicologia Positiva é um processo racional de encontrar potencialidade diante de circunstâncias e pessoas. Em nenhum momento, no acontecido acima, quero dizer que não gosto do calor. Esse é um dos grandes erros dos que criticam essa ciência. Acham que pensamos que a vida é sempre um mar de rosas, que não existem problemas, etc… não é bem isso, mas também não fazemos tempestade em um copo de água. É uma questão de atitude!

Psicologia Positiva e Dinheiro

     Foi noticiado no começo de agosto que quarenta bilionários dos Estados Unidos aceitaram doar metade de sua fortuna para obras de caridade, em resposta a uma iniciativa de Bill Gates e Warren Buffett (o homem mais rico dos Estados Unidos, com uma fortuna de US$ 47 bilhões). Os dois haviam revelado a ideia durante um jantar organizado em maio de 2009, em Nova Iorque. Tudo indica que foi Warren Buffett quem originou a ideia, mas foi o casal Gates e sua fundação que promoveu a proposta.

Uma vez que a notícia circulou o mundo, acompanhei em alguns sites opiniões sobre o fato e não me surpreendi em ver que muitas pessoas viram o lado negativo da notícia, ou seja, comentavam que mesmo doando os 50% de suas fortunas, esse bilionários continuariam muito ricos. Alguns acrescentaram que eles estavam fazendo aquilo apenas e tão somente para se provomeverem.  Do ponto de vista de Psicologia Positiva, só posso ver um lado da questão e jamais passaria pela minha cabeça um pensamento maldoso. Eu sempre vejo o copo meio cheio. É louvável e sempre será recebermos uma notícia dessa num mundo capitalista. Soa como música para meus ouvidos.

A organização de Bill Gates e sua esposa querem levar a ideia a bilionários de outras partes do mundo. Como não comemorar este gesto num mundo capitalista? Para mim, seria como perder um bonde importante da história. Notícias boas não são comemoradas. Que pena, que lástima!!! Quando fiz jornalismo, a minha primeira aula me impressionou. O professor disse: se um cachorro morder um homem, isto não é notícia; se um homem, ao contrário, morder um cachorro, isto, sim, é notícia. Aquilo me marcou muito, mesmo antes de entender os conceitos da Psicologia Positiva. Naturalmente, que generalizo quando insinuo que o jornalismo é sensacionalista.

Átomo e Hábito

     Caridade, doação, gratidão podem melhorar o mundo. Por isso, lançei, neste jornal, há dois meses, meu grande sonho da “Pay It Forward Therapy” que tem sido bem aceita no mundo acadêmico e profissional (leia coluna de Julho). Sei que levará algum tempo para que se estabeleça o conceito. Mas, para caminharmos mil quilômetros, começamos com o primeiro passo. Para dirigir mil quilômetros, a noite, tudo o que você precisa é de um farol no seu carro suficiente para iluminar apenas 100 metros no máximo! Para mudarmos o mundo, como eu quero, a gente começa mudando “coisinhas”, a gente começa fazendo a nossa parte. E você? Está querendo mudar o mundo de uma só vez? Meu amigo, mude os seus hábitos e juntos mudaremos o mundo todo. Desafie Albert Eistein quando ele diz que “é mais fácil quebrar o átomo que mudar um hábito”. Lembre-se que o homem que move montanhas é aquele que move pedrinha por pedrinha. Aí reside o segredo das transformaçoes humanas. Como queremos mudar tudo de uma vez, acabamos não mudando nada. Precisamos mudar esse conceito, urgentemente!!! Você consegue perder 10 kilos de uma vez? Não.  O pouco, feito com constância e determinação, se torna muito. O que está nos levando a esse tipo de raciocínio de não fazer o pouco é o que denominei anos atrás de “imediatismo moderno”. Não sabemos esperar! Queremos comer os frutos antes de plantarmos as sementes! Incrível como não exercitamos nossa paciência e queremos soluções no piscar dos olhos! Quando vamos parar? Você sabe quanto tempo tem de esperar para ver um lindo ipê-amarelo? São muitos anos e muitos invernos. Não subestime o inverno. É nele, quando as folhas estão feias, sem flores, sem frutos, que as raízes se fortalecem em busca de água e nutrientes nas profundezas da terra. No inverno, visualize a Primavera. Use essa mesma analogia para você quando estiver sofrendo. Suas “raízes” vão ser fortalecidas e “aquilo que não te destruir, te tornará mais forte”. Pense nisso! Ótima Primavera e até a próxima edição!

* É presidente do Seeds of Dreams Institute, jornalista, pós-graduado em Marketing (ESPM) e Comunicação (ESPM), mestrado e doutorando em Psicoterapia (EUA), com foco em Psicologia Positiva. É membro vitalício da Harvard University e referência internacional em Psicologia Positiva. Vive em Orlando desde 2000. Contato: www.seedsofdreams.org 

18 PP IPES AMARELOS

Anúncios

Deixe seus comentários (sementes de sonhos). Quero aprender com você!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: